CHÁ DE BEBÊ: VOCÊ SABE COMO FAZER?

0

Ser mãe, para muitas mulheres, é algo muito além de uma realização, é também a concretização de um sonho, seja mãe de primeira viagem ou não, só quem pode responder esta afirmação, são mulheres que já tiveram a oportunidade de se tornar mães.

Após a confirmação do resultado positivo, e que um bebê está a caminho, muitos planos e ideias começam a passar pela cabeça das futuras mamães à espera de seu pequeno ou pequena. Amigos e familiares mais próximos ficam ansiosos com a chegada do bebê, e iniciam-se as comemorações para esse momento mais que especial, a chegada de um novo integrante da família.

A partir deste momento, vamos dar dicas sobre o chá de bebê, mas antes, o que você acha de conhecer um pouco mais sobre sua origem? Então, fique conosco até o final do blog e tenha uma boa leitura!

Mas por que o nome chá de bebê?

O chá de bebê é um evento realizado com muita frequência, não somente no Brasil, mas em diversos países, e sua verdadeira origem vem desde o século XIX, na Inglaterra vitoriana, onde a celebração era realizada após o nascimento da criança.

Tanto o recém nascido como a mamãe, recebiam visitas e presentes, além de que, as mulheres davam conselhos sobre maternidade para a nova mamãe e tomavam o chá da tarde britânico, muito tradicional na Inglaterra. Então surge a origem do nome, chá de bebê.

Com o tempo, muitas coisas mudaram como por exemplo: a comemoração hoje em dia, é realizada antes do nascimento do bebê, crianças também podem participar, a decoração é elaborada e muitas vezes com temas. O  principal de tudo é que há alguns anos o chá de bebê só tinha a participação de mulheres, mas atualmente todos podem celebrar sem restrição de convidados. Quanta evolução, não é mesmo?

Como organizar um chá de bebê?

Agora que você já conhece toda a história e as mudanças que ocorreram durante o tempo, é hora de aprender a organizar um chá de bebê, ou chá revelação, por isso, tome nota de tudo para comemorar com muita alegria a chegada desse ser tão especial!

Não há uma regra para o tempo de realização do evento, mas geralmente as mamães realizam o chá de bebê a partir dos sete meses de gestação. Vamos às dicas?

Peça ajuda: É sempre bom ter alguém para dar ideias e aquela forcinha na organização, pois cada pessoa tem um talento especial, alguns para decorar, outros para organizar, e na hora de pensar em um evento, é importante ter essas pessoas por perto.

Data e local: Importantíssimos e necessários, decida com antecedência o local de realização e a data, assim você tem tempo para organizar, enviar convite  e preparar tudo, pensando em cada detalhe.

Convidados: Com data e local definidos, é hora de pensar nas pessoas que você quer compartilhar a celebração mais importante de sua vida. Lembre-se que não há limites para convidar, mas também é necessário pensar no orçamento disponível, dessa forma é possível economizar, mas ao mesmo tempo fazer um belo evento.

Convites: Hoje em dia os convites virtuais estão em alta, mas se o momento é importante para você e, consequentemente, para seus convidados. Enviar convites tradicionais e escritos à mão para que eles possam ser guardados como recordação ainda faz toda a diferença, nesse ponto a Regina Festas tem muitas opções para te ajudar!

Decoração: Pense no gênero do bebê e lembre-se que menos é mais, sempre! Escolher temas para a festa é legal, mas vai demandar muito tempo e orçamento, por isso, foque no principal, fazendo uma decoração agradável e com muita criatividade. Veja também as opções da Loja Regina.

Cardápio: O que será servido, vai de acordo com o horário escolhido para o evento e uma forma de economizar é marcando o chá de bebê a tarde, entre o almoço e o jantar. Pratos simples e leves podem ser servidos além das bebidas, ninguém quer ver convidado passando sede, não é?

Lembrancinhas: Não podem faltar, pense em algo que seus convidados possam levar e que será útil no dia a dia. Muitas pessoas gostam de plantinhas, outras de leitura, então o que acha de um belo marcador de páginas? A propósito, a lembrança não é presente, mas quanto maior a utilidade melhor.

Muitos clicks e flashes: Aqui em nosso blog já falamos sobre a importância da fotografia, (confira clicando aqui), mas ter registro do chá de bebê com fotos de qualidade é fundamental. Os convidados também fotografam e postam, mas para você ter esses registros pode ser um pouco complicado, então pense em um profissional que vai fazer deste momento marcante o resto da vida.

Chá de bebê virtual

Com a pandemia do coronavírus, muitos eventos deixaram de ser realizados presencialmente, por isso muitas pessoas passaram a realizar o chá de bebê virtual.

Na realidade, a forma virtual não tem tantas diferenças do evento presencial, a não ser pelo fato de todos se reunirem por vídeo chamada. A organização compreende o mesmo formato que falamos anteriormente, com algumas diferenças:

  • Escolha da plataforma que será transmitido o evento;
  • Brincadeiras e jogos;
  • Convites preferencialmente virtuais, o que não é uma regra e os convites impressos também podem ser enviados;
  • Lista de presentes também será por meio de plataforma virtual.

Esses são os itens que mudam com relação ao evento presencial, e que por motivos de segurança e saúde muitas famílias ainda optam por realizá-lo. Mas a alegria de compartilhar o momento é a mesma e o mais breve possível todos poderemos estar celebrando juntos cada instante de felicidade!

Você viu como organizar um chá de bebê, agora não há desculpas, é colocar a mão na massa e comemorar muito a chegada de seu pequeno. No site da Regina Festas Você encontra linhas completas de Chá Revelação, Chá de Menino e Chá de Menina

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.